Como comprar na Shein e naõ ser taxado? Porque fui taxado? Entenda como funciona e Dicas de Compras

Comprar na SHEIN e não ser taxado é o que muitos clientes de e-commerce chineses desejam. A loja online, que também está disponível como aplicativo para celulares Android e iOS, popularizou-se no Brasil por oferecer roupas e acessórios a preços baratos. Acontece que como todos os produtos embarcados da SHEIN são enviados do exterior, eles estão sujeitos ao imposto de importação, possibilidade que pode arruinar a economia da compra.

O que é ser taxado na Shein?

A aplicação do imposto após a fiscalização aduaneira está prevista na legislação nacional (n. 3.244/1957), mas existem algumas dicas que podem ajudar o consumidor a evitar impostos. Pensando nisso, separamos quatro orientações para comprar com isenção de impostos da SHEIN e como lidar com as compras com isenção de impostos. Vale lembrar que as propostas são baseadas nas experiências de compra do consumidor e não podem garantir que o produto não será tributado.

Confira também: Como comprar na Shein pelo Mercado pago: Passo a Passo

O que é ser taxado na Shein? Porque fui Taxado? Entenda como Funciona

1. Fazer compras de até no máximo 50 dólares

Na experiência dos consumidores da SHEIN, compras de até US$ 50 passam despercebidas na alfândega e geralmente não são tributadas. No entanto, vale ressaltar que, de acordo com a Portaria nº 156/1999 do Ministério da Fazenda, mercadorias com valor até US$ 50 estão isentas de imposto de importação apenas se o remetente e o destinatário forem pessoas físicas – o que não ocorre com as que importam produtos SHEIN, pessoas jurídicas.

Vale lembrar também que o carrinho de compras do site é em reais, ou seja, o comprador deve se atentar à conversão para o câmbio americano ao finalizar a transação. Na taxa de câmbio atual, US$ 50 seriam aproximadamente R$ 240.

2. Compre produtos pouco volumosos e pequenos

Comprar produtos que não sejam volumosos é outra dica que pode ajudar os compradores da SHEIN a evitar impostos. Porque, devido ao grande volume de mercadorias que chega diariamente ao Brasil, é comum que embalagens pequenas e leves sejam “descobertas” na inspeção, em detrimento de caixas mais pesadas, que tendem a levantar mais suspeitas.

A linha carro-chefe da SHEIN são roupas femininas, e as roupas geralmente não formam uma embalagem muito volumosa. No entanto, se o consumidor comprou muitos itens de uma só vez – ou itens pesados, como é o caso das roupas de inverno – pode chamar a atenção do fiscal e correr o risco de a compra ser tributada. Uma boa recomendação é não ultrapassar o peso de 2 kg por embalagem.

3. Dividir sua compra em mais de um carrinho

Este guia serve como sugestão complementar ao tópico anterior. Se o consumidor quiser fazer uma compra completa com vários itens de uma só vez, a embalagem pode ficar pesada e acabar chamando a atenção da fiscalização brasileira.

Se mesmo assim não quiser deixar os produtos para trás, o cliente pode dividir a compra em dois ou mais carrinhos de compras para desviar a atenção da embalagem e diminuir a probabilidade de tributação. Com isso em mente, também vale a pena ficar dentro do limite de $ 50 por carrinho.

4. Faça suas compras em datas comemorativas

Outra dica que pode ajudar a evitar taxas na hora de importar produtos SHEIN é esperar perto de datas comemorativas para fazer as compras, principalmente aquelas que normalmente movimentam o comércio. Em épocas como Natal e Black Friday, aumenta o número de pacotes entrando e saindo do país, o que tende a sobrecarregar o posto de controle.

Com o mesmo número de inspetores, mas um volume muito maior de pacotes a serem inspecionados, é provável que nem todos os pacotes sejam inspecionados detalhadamente pela Alfândega. Consequentemente, são maiores as hipóteses de a compra não ser tributada pela Receita Federal.

Leave a Reply

Este site utiliza cookies para que você tenha a melhor experiência do usuário. Se estiver navegando está dando seu consentimento para a aceitação de las mencionadas cookies e a aceitação de nuestra política de cookies, pinche el enlace para mayor información.plugin cookies

ACEPTAR
Aviso de cookies